10 de agosto de 2016

[Resenha] Mulheres que não sabem chorar



Autora: Lilian Farias
Editora: Giz
Ano: 2016
Páginas: 210

Livro cedido em parceria com a autora


Hoje eu trago para vocês a resenha de “Mulheres que não sabem chorar”, obra da autora Lilian Farias.

O livro tem como foco principal a história de duas mulheres, destinos e vidas que se cruzam.

Marisa e Olga são essas mulheres! Uma trama de amor homoafetivo, porém, não é uma simples história de duas personagens apenas, mas a histórias de muitas mulheres.

Marisa é uma mulher na faixa dos 50 anos. Bem sucedida, dona de uma floricultura, viúva e com dois filhos. E possui uma personalidade forte.

Olga é separada e acaba de perder sua filha para o câncer. Alcoólatra, sempre usou a bebida como uma fuga, um modo de não sofrer e de esquecer. É uma mulher frágil e maltratada pela vida.


“O mais engraçado é que eu sempre tive medo da solidão, e esse mesmo medo é que me mantinha só.”


Ambas são vizinhas; são muito diferentes e não se toleram. Marisa sente repulsa por Olga e lhe dá satisfação vê-la passar por humilhações. Até que Olga é violentada nas redondezas do bairro e Marisa resolve ajudá-la.

A atração surge entre as duas que acabam tendo um relacionamento. Porém Marisa, ainda continua tendo pavor de que alguém descubra sua relação com Olga.


“Como uma mulher que ama outra mulher e não é correspondida, voltei para minha vida. Sem esquecer a melhor semana, e, sempre que desejava uma felicidade clandestina, deixava nossos dias passarem em minha mente.”


Marisa, após identificar o agressor de Olga, decide sair em busca de justiça. Nessa parte do livro nos deparamos com relatos muito chocantes de agressão às mulheres.

É um momento muito forte do livro e nos faz refletir sobre várias situações. Além da história principal, acompanhamos outras tramas paralelas, que podem acontecer com qualquer mulher. A autora aborda temas fortes como homossexualidade, violência, alcoolismo e outros de forma original e impactante.




Lilian Farias apresenta diálogos mais objetivos, não perdendo a essência poética, o texto é denso e lírico ao mesmo tempo. E novamente fiquei encantada com a escrita da autora.

O único fator que me incomodou um pouco durante a leitura foi que achei que a ligação entre as duas protagonistas poderia ser mais focada no amor e não só no desejo sexual, pelo menos na minha visão; senti falta de algo mais romantizado entre as duas.

Mulheres que não sabem choraré um livro sobre a força do sexo feminino. Sobre as agressões sofridas pelas mulheres e seu valor perante a sociedade. É a história de muitas mulheres aqui representadas.


“Duvidam muito das mulheres, fazem piadas e nos chamam de sexo frágil. Mas quem já experimentou a força de uma mulher ferida sabe da dimensão da nossa astúcia.”


O livro tem os capítulos divididos por nomes de flores, o que eu adorei! As folhas são amareladas e com fonte adequada para uma boa leitura. Encontrei alguns erros de revisão, mas nada que atrapalhe o bom andamento da história.





Nós, mulheres, não devemos nos rebaixar diante do que nos tende a afetar; temos uma força incrível e devemos lutar contra qualquer tipo de abuso e violência.


“Olga abriu a última gaiola que a aprisionava e chorou. Ele também chorou, mas não com a mesma carga emocional que Olga, não com o mesmo alívio. Isso porque há alguns alívios que só as mulheres podem sentir. Algumas cargas, só as mulheres compreendem. E quando uma mulher chora aliviada, o universo também sente. Outras mulheres também sentem.”


Lilian Farias dá voz a essas mulheres de forma esplêndida!




Clique aqui e adicione Mulheres que não sabem chorar no Skoob



16 comentários:

  1. Oie Fernanda! Tudo bem?
    Que livro, ein? Temas bem pertinentes e atuais. Violência contra a mulher é uma realidade triste. Precisamos combater isso mesmo, de fato!

    Adorei a resenha. Clara, objetiva, e com sinceridade.

    Beeijos, Jeh
    http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau que resenha mais perfeita! Me interessei pelo livro, ainda não li nada com esse tema, parece muito bom! Gostei muito dos seus comentários sobre a obra.
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras
    Blog

    ResponderExcluir
  3. Fiquei muito interessada na história, de verdade. Já até anotei para ler depois. É raro ver livros com relações entre mulheres tão avançadas assim, geralmente leio uns mais "adolescentes", mas o que me deixou curiosa mesmo foi saber mais sobre agressão à mulheres. Parabéns pela excelente resenha!

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda parece mesmo ser uma história impactante que nos faz pensar na condição da mulher nessa sociedade machista. Enfim, adoro ler histórias fortes, mas não sei se me daria bem com essa obra apesar da forma fantástica como você abordou sua resenha.

    ResponderExcluir
  5. Oiii Fernanda, como vai?
    Menina eu tenho muita curiosidade mesmo para realizar a leitura dessa obra, ainda mais sendo da Lilian, é uma pessoa que tenho uma grande admiração, além de amiga <3 quero ler com toda certeza.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi Fê!
    Fiquei bem curiosa para ler este livro tbe!
    Adorei o post
    Bjks mil

    ResponderExcluir
  7. Olá, Fernanda.
    Sempre vejo comentários positivos a respeito dos livros da Lilian. Fiquei muito interessada por saber que o desenrolar da história é em torno de duas mulheres que sentem atração física uma pela outra, faz muito tempo que não leio um livro assim.
    A dica ja esta anotada, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu quero muito ler esse livro. Tenho lido resenhas ótimas e super positivas do livro. Eu só tenho o primeiro livro da Lilian, mas quero muito ler Mulheres que não sabem chorar.
    Uma pena quanto a sua ressalva, mas mesmo assim ainda quero ler e estou animada.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Fernanda!

    Vi resenhas desse livro em outros blogs e ele chamo muito a minha atenção, principalmente pelo fato de tratar de temas fortes que, apesar de muito comuns, a gente custa achar histórias sobre eles (principalmente amor entre duas mulheres). Fiquei só um pouco decepcionada com essa sua ressalva, já esperava que o livro fosse falar mais de amor e menos de sexo.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Fe, sua linda, tudo bem?
    Os temas abordados são fortes mesmo, mas acredito que necessários. Violência contra a mulher é uma realidade chocante, precisamos falar sobre isso e encontrar uma solução. Que bom que a autora fala do alcoolismo também, nem todas as obras hoje em dia discutem mais essa questão. Todos elogiam esse livro, parece ser muito bom mesmo. Sua resenha ficou ótima!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. É a segunda resenha que eu leio hoje desse livro e fico cada vez mais ansiosa para conferir algo dessa autora que só leio elogios! A obra parece bem reflexiva e emocionante, eu acho que vou gostar bastante de tudo. A capa é muiiito bonita, adorei!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  12. Não curti nem um pouco isso do relacionamento entre as mulheres ser focado no desejo sexual e não no amor, dificilmente consigo me envolver com esse tipo de história. Além disso, não curto enredos com alcoolismo, então não leria.

    ResponderExcluir
  13. OOi!
    Li o livro recentemente ameeei! Achei a escrita da Lilian maravilhosa, é poética e flui muito bem. Só que ao contrario de você, não me senti incomodada com o foco no desejo. Acho que vai do ponto de vista mesmo. :)
    ótima resenha!

    Beijoos!
    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Que livro mais lindo!!!!!!! Sério, relação homoafetiva e violência contra a mulher abordados num mesmo livro é demais né? Aí vem os capítulos com nomes de flores e pum, ganha todo o seu coração! O mais legal é que tanto a Olga quanto a Marisa são mulheres com uma experiência de vida já né? Já foram casadas, tiveram filhos, enfim serve pra desmistificar muita coisa. Bem bacana, com certeza uma leitura que me emocionaria! Bjosss

    http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Fernanda!
    Lembro de ter visto o livro ainda na época de seu primeiro lançamento, a autora realmente fez bem em retratar temáticas tão fortes e importantes nos dias de hoje, principalmente a violência contra a mulher, que é algo que vem sendo foco de diversas histórias atualmente. Só uma pena que o romance não tenha sido tão romântico como você esperava; também me irrito quando encontro casais que mais parecem ligados pelo físico do que pelo emocional, abandono a leitura na certa, infelizmente, rs.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  16. Eu já conhecia o livro e até o tenho no Kindle, mas ainda não tinha lido uma resenha sobre ele e gostei de sua opinião sincera e objetiva. Compreendo seu ponto de vista em relação ao romance, que faltou aprofundamento e acredito que este também seria um fator que me incomodaria, pois gosto de um casal profundo, com um amor entre as entrelinhas, não que apenas se dá ao desejo. Enfim, ainda não sei se eu leria no momento, mas quem sabe mais para frente?

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo