1 de setembro de 2016

[Resenha] Face a face: Eu ser palavra!



FACE A FACE
Autor: Bruno Black
Editora: Scortecci
Ano: 2008
Páginas: 70
Livro cedido em parceria com o autor

Sinopse: Recomeçar... Recomeçar. Tenho pensado muito nessa palavra e com tamanha força e desejo, que tudo a meu favor tem me impressionado a tal fazer, e a ação não poderia me levar a outra se não a... mudança!
Mas me questiono: mudar pra quê? Pra onde? Por quê? e automaticamente eu comecei a me olhar de dentro pra fora e resolvi jogar tudo por alto e ao cair tudo aquilo eu apenas peguei aquilo que me pertencia de verdade, e comecei a perceber que milhares de coisas, costumes, valores, desejos, nunca foram só meus de verdade, e aquilo que ainda era meu eu agarrei e levei de volta para meu templo e os lapidei com um pano e água e os coloquei dentro de mim... mas foi difícil pensar em recomeçar já que a minha vida já estava boa, mas eu sempre penso muito no futuro e ela estava boa pro meu presente mas pro futuro não seria mais interessante ter um ser que se desconhece ao sol, quando o tempo o determina o contrário; e assim deixei a tempestade passar, os trovões se acalmarem e a cidade que estava inundada voltar ao normal e assim pude sair do meu tempo e continuar essa estrada que o destino me entregou e que eu já peguei a chave e o mapa pra caminhar diante do sucesso de ser o protagonista de minha estória... sejam bem-vindos, não esqueça que esse livro é dedicado a todos os meus fãs que me apóiam muito! Mãos a obra!





Adquiri este livro na Bienal do Livro de Minas Gerais 2016, onde tive a oportunidade de estar pessoalmente com o autor e ter um de seus poemas recitado por ele. Sim, leitores, esse é um livro de poesias.


"Alguém pode me dizer por que levam as pessoas que amamos?Alguém pode me dizer por que dói tanto perdê-los?"


O autor, através de seus poemas, faz com que o leitor entenda seus sentimentos de amor, revolta, indignação e incompreensão, entre outros, em cada verso que escreve.




Com questionamentos comuns de todas as pessoas e com situações inusitadas, Bruno Black se apresenta em cada poesia, o que nos ajuda a compreender um pouco de seu jeito, seu estilo e sua personalidade.


"São tantas verdades, que tem horasQue tudo isso mesmo tendo outro sentidoTambém é verdade..."   


Achei super interessantes as críticas sociais que ele traz, que, diga-se de passagem, são bem atuais, o que é uma inovação para mim no mundo da poesia, onde o tema central normalmente é o amor.


"E a cidade que sonhamos em viver e se socializarParece estar perdida e cheia de pragasE não sabemos se as ocorrências são negadas pra diminuir o trabalho"   
 

Outra coisa que me agradou foi que o autor faz alguns "jogos de palavras" bem interessantes para expressar seus sentimentos e pensamentos.

A capa é bem interessante, com palavras distribuídas por todos os lados. A edição está com as folhas brancas e a fonte tem um tamanho pequeno, o que pode não deixar a leitura tão confortável.

Recomendo a todos os que gostam de poesias! 





Clique aqui e adicione Face a Face no Skoob



14 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Gosto de ler poesias, mas sempre depende da escrita do autor, pois às vezes é muito densa e eu não entendo muita coisa. Esse livro parece ser bom, fiquei com vontade de ler.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. O Bruno é um super poeta e um grande parceiro de poesias.

    ResponderExcluir
  3. Não tenho costume de ler livros com poesias, mas gostei bastantes desses trechos que você separou. E isso que você disse, é bem verdadeiro, a maioria de poesias são retratam/falam do amor.
    Adorei esse jogo de palavras que o autor faz, e o tema também que ele aborda é bem diferente e gostoso de ler. Gostei disso, quem sabe futuramente eu possa ler.
    Leitor Irônico

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Não costumo ler muito poesias, mas parece que a obra é bem interessante por mostrar as incompreensões do autor.
    Achei que você foi bem sortuda em ter uma poesia sendo recitada por ele rsrs deve ter sido incrível.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/2016/09/novidade-parceria-daniele-oliveira.html

    ResponderExcluir
  5. Oiii Karla, como vai?
    Garota infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse e irei pular a dica, porém confesso que me apaixonei perdidamente pela edição, está lindinha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá, Karla!
    Poesia é sempre um gênero gostoso de ler, eu adoro.
    Sempre que posso, coloco um poema para meus alunos digitarem nas aulas de Word rsrs.
    Sobre as críticas sociais, Drummond faz bem isso em A Rosa do Povo. Poemas que tocam em muitas feridas de nossa sociedade brasileira.
    www.farolcultural.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, eu adoro livros de poesias e poemas e acho que esse seria uma ótima pedida, já que tem tempo que não leio, e por ser um autor nacional e novo, me atraiu mais, por isso, vou anotar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Nossaaa!!! tem uma década que não leio um livro de poemas. Meu Deus!! Acho que a ultima vez que li eu era criança. Me interessei bastante por esse e pelo jogo de palavras que ele faz em cada poema. Tenho certeza que é uma boa leitura. Gostei!!
    Bjs

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Karla!
    Legal a proposta do livro, realmente muitas poesias costumam retratar o amor, e dar uma variada em outros temas da atualidade deve mesmo ter sido uma ótima sacada do autor. Já escrevi muita poesia há alguns anos, mas hoje em dia perdi um pouco esse hábito, tanto de escrever quanto, mesmo, de ler, então não me interessei particularmente por essa indicação, mas fica a dica para quando eu estiver procurando algo assim! ;)
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi Karla,
    Achei bem interessante os pontos que você levantou a respeito do livro, principalmente o fato de ter críticas sociais embutidas nas poesias, o livro de fato deve ser bem interessante. Achei super legal o fato de você ter encontrado com o autor na bienal.
    Infelizmente, não tenho tanto o hábito de ler poesias, mesmo gostando acabo optando mais pela leitura de romances ou contos e preciso mudar um pouco essa realidade. Vou anotar a dica, espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro leituras que trazem críticas sociais, então fiquei interessada nessa obra. E ela é tão curtinha que tenho certeza de que será uma leitura bem rápida e gostosa de fazer. Adoro poesias, então é mais um ponto para eu ter que ler o livro!
    beijos
    http://www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  12. Oie! Faz tanto tempo que não leio poesia, a ultima que peguei o autor também apresentou haikais e me apaixonei, este livro vai entrar na minha lista de leituras, como tu disse se tem um conteúdo em que apresenta também críticas sociais vale a pena ser lido.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  13. Oi Karla!
    Eu amo poesias e até me arriscava a escrever algumas na adolescência (rimando coração com paixão - hahahahaha). Hoje em dia leio poucas, infelizmente, mas ainda mantenho o apreço por elas.
    Pelo que pude perceber, o autor nos leva a um passeio por situações diferentes e emoções distintas. Parece ser uma boa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bom?
    Confesso que há uns oito, nove anos atrás, eu adorava ler poesias, mas hoje não consigo mais engatar na leitura como antigamente :/
    Achei legal do autor tratar de temas atuais, que como você mesma disse os poemas tratam de amor. Quem sabe algum dia não de uma chance?

    Bjux ;)
    entrelinhasalways.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo