14 de outubro de 2016

[Resenha] A Fúria e a Aurora


A FÚRIA E A AURORA #1
Autora: Renée Ahdieh
Editora: Globo Alt
Ano: 2016
Páginas: 336


Sinopse: Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. 
Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. 
Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.


Simplesmente apaixonada por esse livro!!!

Resolvi ler “A fúria e a Aurora” depois de ver várias resenhas super positivas, não resisti. Confesso que demorei um pouco para engrenar na história, pois estava saindo de uma ressaca literária, mas quando resolvi pegar firme na leitura, foi difícil de parar, a cada página eu suspirava mais e mais.

A Fúria e a Aurora” é um YA, que diferentemente de outros do mesmo gênero, possui uma narrativa lírica e profunda, inspirada no livro As mil e uma noites.



Sherazade (Shazi) só quer vingança pelo assassinato de sua melhor amiga e decide se voluntariar para próxima esposa do califa de Krorasan. Khalid, o califa, é conhecido por ser muito cruel e não ter o mínimo dos sentimentos. A cada noite ele toma uma esposa diferente, que são mortas ao amanhecer.


"Viverei para ver o pôr do sol de amanhã. Não se deixe enganar. Juro que viverei para ver tantos pores do sol quanto for necessário.E eu o matarei.Com as minhas próprias mãos."


Para conseguir manter-se viva, Shazi tenta conquistar o menino-rei com suas histórias durante as noites, prometendo a continuidade para o dia seguinte. Ela quer encontrar o ponto fraco do rei e assim matá-lo e tenta a todo custo descobrir o motivo pelo qual Khalid mata suas esposas.

Khalid é muito jovem, bem introspectivo e muito misterioso, considerado um monstro pelo povo, com Shazi, percebemos que talvez nem tudo seja o que parece e que por trás de tudo tenha algo mais e algo bem doloroso e trágico.

Shazi é forte e destemida e luta muito contra seu coração para não se apaixonar e continuar com seu plano de vingança. O que é um tanto difícil, eu que o diga... Não tem como não se encantar por Khalid!!!! Sim, pelo suposto “monstro” Khalid!


“Se você puder, dê a ele o amor que lhe permitirá ver por seus próprios olhos. Para uma alma perdida, esse tesouro vale seu peso em ouro. Vale seu peso em sonhos.”


Além de querer descobrir o que está por trás das mortes das esposas, o que me prendeu o fôlego durante a leitura, e me fez devorar página após páginas foi o desenrolar dos acontecimentos dentro do palácio, entre eles, a amizade entre Shazi e sua camareira, Despina, que foi uma personagem muito carismática e temos também Jalal, capitão da guarda real e primo do rei, outro personagem que merece destaque pela lealdade e um humor contagiante.



Vou evitar falar muito sobre o Califa e sobre o enredo, pois posso acabar cometendo um spoiler. E garanto que é muito bom desvendar a história por si só.

Vale ressaltar a forma como a cultura árabe é tratada e bem descrita durante a história, as vestimentas, comidas e costumes, gostei muito desse ponto da obra.


“Pelo menino que reduzira a sua vida a cinzas, apenas para refazer o mundo diferente de tudo que ela conhecia.”


O livro é narrado em terceira pessoa, permitindo uma visão bem ampla de tudo. A série que será contada em uma duologia, já possui dois títulos principais e três contos publicados no exterior.

A editora está de parabéns pelo belíssimo trabalho! A capa é linda e a diagramação perfeita!

Enfim... “A Fúria e a Aurora” é dessas histórias de tirar a fôlego e te deixar completamente apaixonada! Após o término me vi surtando por mais e espero que a continuação não demore!


“Algumas coisas existem em nossa vida apenas por um breve instante. E nós as devemos deixar seguir para iluminar outro céu.”



Clique aqui e adicione A Fúria e a Aurora no Skoob




12 comentários:

  1. Estou doida pra ler esse livro!
    E adorei sua resenha, me deixou com ainda mais vontade.
    Beijos <3
    http://leituravorazblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu não fazia IDEIA de que esse livro falava sobre isso. E um YA inspirando em As Mil e Uma noites? Que loucura, adorei!! E fiquei curiosa não só por tratar da cultura árabe mas também pelo segredo por trás das mortes. Adorei sua resenha, esse livro foi uma baita surpresa, beijos!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, ótima resenha. tenho vontade de ler esse livro pois fico curiosíssima para descobrir o motivo de as mulheres morrerem, além de gostar de livros que são uma espécie de releituras de histórias clássicas como As mil e uma noites.

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda! Começar um livro de ressaca é sempre complicado, mas parece que esse se sobressaiu ein?! Já tinha visto a capa por ai, mas não sabia que era uma releitura tampouco um YA. E após ler sua resenha fiquei CARAMBA! Fiquei bem curiosa pelo Khalid, a descrição dele é difícil de relacionar com um monstro... e quero sabe o porque das mortes das mulheres dele. Sim, fiquei super curiosa! Pena que tem continuação!
    Creio que esperarei lançar pra comprar, porque olha, fiquei com muita vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha e já fiquei com vontade de ler o livro, só para descobrir porque o "rei-monstro" pode ser encantador hahaha. Infelizmente me desanimou um pouco saber que será uma duologia, então provavelmente esperarei ser lançado o segundo o livro para começar a leitura.
    http://livroslapiseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Fiquei bem curiosa para saber o porque de não ter como não se encantar com o monstro Khalid!!
    Sem contar que quero muito saber se Shazi consegue a tão esperada vingança ou acaba por se apaixonar pelo monstro!
    A premissa é bem interessante e a capa achei muito bonita.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá Fernanda!
    Já li esse livro e apesar de ter gostado bastante da história, achei o início bem lento, mas a medida em quem a história vai ocorrendo, a narrativa flui. Senti falta de "mágica" nesse primeiro livro, mas espero que o segundo supere as minhas expectativas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. A história pelo que foi descrita na resenha, eu achei interessante e curiosa, mas fiquei mais interessada por conta da sua opinião, pois parece ser um livro muito envolvente e fluido, gosto de YAs assim, ainda mais que cativam tanto o leitor, espero que a editora traga o próximo livro e os contos, seria ótimo para quem leu o livro!

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Fernanda! Já havia lido sobre A fúria e a Aurora também em outros blogs e acho que seria uma boa leitura! Também adorei a sua resenha e o fato da personagem se apaixonar por quem lhe fora apresentado e agia como "um monstro" também me deixa intrigada. Acho que precisarei ler para entender né?rs

    Bjs
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Fernanda, assim como você fiquei apaixonada por esse livro.
    Quando comecei não consegui parar até terminar e realmente é impossível não se apaixonar pelo Khalid, ele é maravilhoso.
    Shazi é de enlouquecer qualquer um. Tava pra entrar e dizer: criatura, te decide de um vez!
    E que final foi aquele? Preciso demais da continuação.

    ResponderExcluir
  11. Oi Fernanda!
    Você não acredita no que fiquei pensando durante sua resenha.... Um episódio dos Simpsons! KKKKKK Esse episódio que satiriza a mil e uma noites é minha única referencia dessa história, infelizmente e foi impossivel não me lembrar.
    Fiquei beeem curiosa pra descobrir o que há por trás desse assassinato de esposas, creio que eu também devoraria o livro pra saber isso. Antes não dava muita bola pra esse livro, mas você me deixou com muita vontade de ler!

    ResponderExcluir
  12. Oi Fernanda, sua linda, tudo bem?
    OMG!!! Estou louca para ler esse livro!!! Fiquei muito curiosa sobre o motivo de ele precisar matá-las ao amanhecer, se ele não é quem pensam que ele é, então, ele pode estar sendo obrigado a fazer isso. Acho que vou me apaixonar por eles também!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo