5 de dezembro de 2016

[Resenha] A Garota do Calendário - Fevereiro


A GAROTA DO CALENDÁRIO - FEVEREIRO
Autora: Audrey Carlan
Editora: Verus
Ano: 2016
Páginas: 135


Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal.Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em fevereiro, Mia vai passar o mês em Seattle com Alec Dubois, um excêntrico artista francês. No papel de musa, ela vai embarcar em uma jornada de descobertas sexuais e lições sobre o amor e a vida que permanecerão com ela para sempre.



Hoje vou falar do segundo volume da série "garota do Calendário", que nos conta a história de Mia, uma jovem que trabalha como acompanhante de luxo para pagar uma dívida de seu pai.

Quando escrevi sobre o primeiro volume, aqui, fiz uma pequena prévia sobre a série e falei também sobre a minha expectativa a respeito dos próximos livros.

No final de janeiro, término do primeiro contrato de Mia como acompanhante de luxo, tia Millie telefona para nossa protagonista e lhe comunica sobre Alec, seu próximo cliente.

Em fevereiro, Mia desembarca em Seattle. Alec é um artista e, para sua próxima exposição, precisa de uma musa inspiradora. A ideia é fotografar Mia e reproduzir as imagens em quadros pintados a óleo para que a exposição seja um sucesso.


"Em seguida, ele me colocou de costas para a câmera, mas antes me fez balançar a cabeça várias vezes para bagunçar o cabelo. Repeti o processo até que ele ficasse satisfeito. Achei que estivesse bem desarrumado e confuso, mas ele parecia querer uma juba selvagem."


Ocorre que, logo em sua chegada, a desastrada Mia machuca o tornozelo, que já dá sinais de inchaço e começa a doer na mesma hora. Por recomendações médicas, Mia deve ficar em repouso e com o pé imobilizado.

Alec, então, passa a cuidar dela e a aproximação entre os dois é inevitável. Sensível como um artista que faz as mais belas exposições, Alec traz grandes momentos ao livro, com o magnetismo no olhar e o seu jeito de "mimar" nossa protagonista.

Neste livro, a autora nos faz mergulhar no mundo da arte e na mente de um artista, em como ele pensa para criar e exprimir os seus sentimentos através de uma obra de arte de sua autoria.


"Mesmo sendo tudo tão estranho, era interessante ver de perto o trabalho de um artista mundialmente famoso enquanto ele aperfeiçoava sua arte e orientava os assistentes, aqueles que faziam o trabalho pesado."


Alec e Mia vivem um romance arrebatador, com muitas cenas eróticas expostas de maneira às vezes suave, outras nem tanto; mas desde o início fica claro que o envolvimento entre os dois é temporário, apesar de muito profundo.

Alec ensina muitas coisas sobre a vida para nossa protagonista, inclusive que é possível amar as pessoas de várias maneiras diferentes, o que foi muito importante para ajudá-la a entender o que sente por cada um de seus clientes e reavaliar suas relações passadas.

Por fim, Mia fica muito brava ao descobrir como funciona de verdade a empresa (e os pagamentos) das acompanhantes de luxo da tia, a ponto de querer brigar com Wes (seu primeiro cliente) e Alec. Mas é claro que uma conversa a faz perceber como foi tola em se iludir e pensar que tudo seriam "flores" nesse trabalho.

Com detalhes da grande exposição de Alec, o livro termina de uma forma muito bonita, arrebatadora para esse romance erótico leve.


"Nós precisávamos desse afastamento, sabendo que no dia seguinte eu pegaria um voo para Las Vegas. E esse avião me tiraria da vida de Alec... possivelmente para sempre. Ninguém sabia o que o futuro traria, mas não havia como impedir."







Clique aqui e adicione A Garota do Calendário - Fevereiro no Skoob



8 comentários:

  1. Oi Karla, quando essa série foi anunciada, eu fiquei muito contente sabe, caracas já pensou ter um livro pra cada mês?
    No começo até fiquei animada pra iniciar a leitura mas tenho lido algumas resenhas e essa vontade meio que está passando sabe.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Oi! Gostei da resenha, Janeiro e Fevereiro são muito mais legais que os outros.
    Beijos ❤
    JP

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Apesar de ler várias resenhas positivas acabei perdendo o interesse pela série, não tenho certeza se é o tipo de livro que me agrada, mesmo sendo um erótico mais leve. Eu acredito que com o passar dos livros a leitura começa a ficar repetitiva e cansativa, é a minha percepção. Que bom que você gostou do final!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. oiii!!

    Esse é um dos livros que eu não tenho vontade de ler ou comprar tão cedo. Não gosto muito do estilo da obra, maaas admiro o sucesso que está com os leitores.
    Gostei da sua resenha e da sinceridade!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  5. Oi Karla tudo bem? Então, até tenho os três primeiros livros dessa série, mas confesso que só comprei porque a autora veio para a Bienal e foi super de boa para autografar com ela no stand da Record ahahahahah Mas não é uma história que eu tenha vontade de ler no momento. Até gosto do estilo, mas no momento to na vibe de terror, suspense hahaha

    A história parece ser boa mas tá na cara que ele não é o cara pra ela né?! Amo Seattle, queria morar lá só pq chove muito e faz frio ahahhaha

    bjs
    Dana - Feed your Head

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    A história desse livro pareceu bacana, leve, como você mesma disse.
    Já vi algumas resenhas sobre essa série e fico impressionada com a ideia. Um livro por mês, com personagens e histórias diferentes é super interessante. Acho meio difícil de enjoar assim. Beijos!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Karla!
    Essa série tem dado muito o que falar desde o lançamento e, apesar de eventuais críticas, não posso negar a quantidade de elogios que já li, sim, sobre o amadurecimento da personagem e as lições e mensagens decorridas a cada livro. Ainda assim, eu definitivamente não me dou bem com literatura erótica, então continuo a passar longe da série, mas para quem gosta, deve ser uma ótima indicação mesmo.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br/ ♥

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Já li várias resenhas de quase todos os títulos lançados até o momento, mas não consigo me interessar pela obra, ela não tem o que procuro, sem contar que 12 volumes é muita coisa, mesmo sendo livros curtos.

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo