16 de janeiro de 2017

[Resenha] Borderline - Amor, Drogas & Rock 'n' Roll


BORDERLINE - AMOR, DROGAS & ROCK 'n'ROLL
Autora: Alice Lucas
Editora: Amazon 
Ano: 2016
Páginas: 299

E-book cedido em parceria com a autora


Sinopse: Aos 18 anos, Laura convive com a solidão, a depressão, o bullying e a indiferença de seus pais. Seu sofrimento a leva à automutilação e ao abuso de medicamentos. Cansada e em esperanças, planeja o suicídio. Em uma última busca desesperada por um motivo para continuar, conhece alguém que lhe mostra que não está sozinha. Buscando anestesiar suas dores, embarcam juntos em uma ilusória jornada repleta de amor, de uso de drogas e de muito rock 'n' roll.




O livro nos conta a história de Laura, uma adolescente solitária e depressiva que tem sérios problemas com os pais e se automutila para tentar extravasar as suas dores.

A mãe de Laura não consegue lidar com a frustração em seu casamento, que está arruinado e, assim, maltrata a filha, em quem desconta suas raivas e decepções.

Já o pai não aguenta mais se ver em um casamento em que já não quer estar há muito tempo e usa isso como desculpa para não saber lidar com Laura.

Quando se acha no fundo do poço, Laura conhece Chris, um jovem cheio de problemas, com um passado relacionado a drogas e bebidas alcoólicas e ele lhe dá esperanças de que alguém no mundo pode gostar dela, de que ela realmente pode ser querida por alguém.


"Acendi mais um cigarro. Olhei para ele. Chris encarava-me com aqueles grandes olhos castanhos que pareciam fazer meu coração saltar fora do ritmo. Ele esperava que eu fizesse alguma pergunta."


Os dois embarcam em um romance cheio de reviravoltas e, como não poderia deixar de ser, uma avalanche de obstáculos aparece para dificultar esse amor.

O livro nos conta detalhes sobre a vida de um usuário de drogas, sobre como a dependência química se apresenta e percorre todo o caminho da pessoa que não enxerga outra saída a não ser a automutilação e o suicídio.

O livro segue alguns caminhos inesperados, mas super reais, como a busca incessante para sair do mundo das drogas a qualquer custo, os motivos de alguém para deixar de valorizar a própria vida e como isso pode levar ao pensamento suicida, em fim... através da história, conhecemos muito bem as ideias e os comportamentos dos personagens.

Achei interessante a participação do pai de Laura em vários momentos do livro. Deu para perceber claramente que ele "caiu em si" em algum instante e tentou recuperar o tempo perdido em sua relação com a filha.


"Toda a raiva que estava dentro de mim saiu em forma de lágrimas. Dessa vez, não me critiquei. Eu merecia isso. Merecia chorar tanto assim. Porque agora era oficial. Eu estava completamente sozinha."


Em minha opinião, a autora abordou de uma forma muita completa o sofrimento, os medos e reações dos personagens, bem como passou para o leitor tudo de maneira muito crível no decorrer da trama.


"Pus um vestido preto cinturado, que ia até um palmo antes dos joelhos. As mangas desciam até meus cotovelos. Vesti uma meia-calça cinza, meus coturnos e coloquei todas as pulseiras que eu havia comprado, para que minhas cicatrizes ficassem devidamente escondidas."


Regada a música, com trechos de rock como os de Jim Morrison e Nirvana, a leitura é fluida e a escrita, muito envolvente. Li a versão digital e não encontrei erros.


Recomendo a quem curte bons romances com toques de drama extremamente reais.


Clique aqui e adicione Borderline no Skoob


11 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei como o livro aborda os assuntos de drogas e automutilação, que são assuntos que devem ser discutidos,e esse par romântico da Laura? Ou tira ela literalmente do fundo do poço, ou ambos vão embarcar em um romance cheio "vícios". E que bom que a autora soube abordar os assuntos, e melhor ainda, conseguir transmitir isso aos seus leitores. Vou anotar esse livro e com certeza vou ler nas minhas férias que estão chegando.
    Trouxa do Livro

    ResponderExcluir
  3. Oi
    O enredo é curioso, traz elementos que gosto, a referência a Jim Morrison é uma delas, mas sempre fico receosa como os autores tratam algumas temáticas, visto, que geralmente há uma romantização e um ideal cristão envolto no enredo que me desagradam, mesmo assim, como nunca vi falar antes, vou tentar conferir a obra.

    ResponderExcluir
  4. Oi Karla.

    Livro bastante interessante que mostra claramente uma família desestruturada. Gosto de histórias que abordam temas fortes, mas que tenha um bom desenvolvimento e pela sua resenha mostrou isso, além de dizer que os personagens seguem caminhos inesperados e reais. Dica super anotada, quero ler logo.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    O que mais chamou a atenção na obra é o fato de abordar a automutilação, coisa que para mim é original, inusitada e ainda não li nada que falasse sobre tal assunto.
    Fiquei intrigada para conferir mais sobre os sentimentos/sofrimentos de Laura e Chris e como irão amadurecer juntos tentando enfrentar seus medos.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Karla!
    Esse tema é bem complexo. As drogas, mesmo as lícitas, são atraentes em um primeiro momento, mas um poço fundo com consequências arrasadoras para todos que cercam o usuário.
    Fiquei curiosa para saber como a autora aborda essa temática. Nirvana já é um bônus.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  7. A parte que mais me chamou a atenção com certeza foi a temática pesada que a autora aborda, acho que leria por conta disso, não pelo romance em si.
    Não conhecia o livro, mas achei interessante. Beijos!!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  8. Achei os temas abordados bem pesados, porém, de extrema importância. Deve ser aquele leitura que choca o leitor e ao mesmo tempo o faz refletir. Quero ler a obra, fiquei curiosa para saber os obstáculos que os dois precisam enfrentar e as reviravoltas inesperadas. Gostei do enredo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oiii!!

    Esse livro trata de um tema que é recorrente na vida de alguns jovens e eu achei isso interessante.
    Não sei se leria no momento, mas com certeza não descarto para ler mais para frente.
    Dica anotada

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Historia forte, pelo que me parece.
    Tema pesado e bem realístico. Embora pouco abordado na literatura.... O que é uma pena.
    Eu particularmente não leria... Não é muito minha temática preferida, Mas é uma ótima dica de indicação.

    Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Não conhecia a obra, mas não me interessei por ela. Gosto do gênero, mas a premissa não me seduziu tanto. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo