21 de abril de 2017

[Resenha] Somos Todos Decoradores


SOMOS TODOS DECORADORES - O DIA A DIA DE UMA ARQUITETA
Autora: Cinthia Liberatori
Editora: Dash
Ano: 2017
Páginas: 120

Sinopse: Com seu jeito expansivo, apaixonada pelo o que faz e sempre a mil por hora, Cinthia foi relatando suas experiências na profissão e com elas montando o fascinante mosaico que compõe o dia a dia de todos que se dedicam ao ofício de materializar o sonho mais acalentado por todos nós: a casa da gente. Com humor, sinceridade e perspicácia Cinthia abre o jogo desse lado pouco conhecido e dificilmente divulgado da profissão. Em suas crônicas ela conta situações muito comuns na rotina de quem está na área. As rusgas com o engenheiro, os melindres entre os fornecedores e o cliente, as saias-justas que certos pedidos causam são alguns dos temas abordados. SOMOS TODOS DECORADORES é uma obra que lança um novo olhar para tão fascinante profissão. Quem já contratou alguém para construir, reformar ou decorar também vai rir, talvez até de si mesmo, por se ver retratado em algumas das peripécias da Cinthia. (Maria Helena Pugliesi - Jornalista/editora na Editora Abril e Jornal Estado de São Paulo).




Olá! Estou de volta com mais uma resenha. Trago para vocês as minhas impressões sobre o livro “Somos todos decoradores: o dia a dia de uma arquiteta”, da autora Cinthia Liberatori.

Essa é provavelmente a mais difícil resenha que já fiz. Em primeiro lugar, porque o livro é de difícil classificação: manual, coletânea de crônicas, chick lit, autoajuda? Em seguida, porque não consegui me vincular à obra.

Formada em Arquitetura, Cinthia escreve uma série de reflexões sobre o seu trabalho como decoradora, as dificuldades e situações incomuns que enfrenta em seu dia a dia. 


Concordo que há certos itens de decoração bastante caros, mas eles fazem parte do prazer de viver com estilo e personalidade. Não se pode duvidar: peças assim sempre fazem diferença. 


As crônicas deixam claro o cuidado da Cinthia na escolha de fornecedores, materiais, peças para os seus projetos nos quais pretende se envolver. Ao mesmo tempo, deixa uma série de opiniões com intenção cômica.

Ele disse: “Venho com minha banda, vestido com minha calça de couro, vinil, tá? E vamos arrepiar!” Arrepiada ia ficar eu de ver o sujeito que tinha pouco mais de 1,60 metro de altura, cabelo meio ruivo, tipo o palhaço Bozo, vestido de roupa de vinil preto brilhante. 

Acredito que seja esse o maior pecado do livro. Alguns trechos podem ser considerados preconceituosos, como comentários sobre as novelas nacionais, mulheres que falam de modo sedutor e sobre as pontas de estoque (embora a autora comece dizendo não ter preconceitos). Não me parece preconceito de verdade, apenas uma tentativa malsucedida de humor.

A obra é voltada para um público específico. Pessoas que se interessam por decoração não encontrarão fotos de projetos, nem algo que o valha, mas uma coletânea de experiências de quem trabalha na área há muitos anos e que quer partilhar o lado pouco glamoroso da profissão. 



Para finalizar, quero parabenizar a autora pelo projeto gráfico do livro. Fiquei encantada com as ilustrações da Suppa, virei fã!

Beijinhos e até a próxima!!








Clique aqui e adicione Somos Todos Decoradores no Skoob

3 comentários:

  1. o livro nao faz meu estilo, a premissa ja me deixou desanimada, e com a sua resenha eu realmente vi que nao era p mim!

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá

    Interessante! Eu gostei da capa, fofa!
    Achei uma boa dica para aqueles que estão na área.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  3. Betinha, que pena essas coisas que relatou na resenha! Achei a capa tão interessante! Algumas pessoas realmente têm gostos diferentes para o que se considera humor. Bjs!

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo