5 de junho de 2017

[Resenha] 10 segundos


10 SEGUNDOS
Um Conto de Ano Novo
Autor: Robson Gabriel
Editora: Kindle Direct Publishing
Ano: 2016
Páginas: 29

Livro cedido em parceria com o autor

Sinopse: Willian cansou de dar ouvidos aos comentários idiotas sobre seu peso, ou por ser gay e negro faz um bom tempo. Tudo o que o jovem quer é ser feliz e estar de bem consigo mesmo. E foi pensando nisso, que ele trabalhou duro durante boa parte da sua adolescência para realizar o sonho de passar a virada de ano na Times Square durante a descida Bola de Ano Novo.
Ele sabia que cada centavo suado valeria a pena, afinal, todo sonho realizado vale a pena. Mas ele não esperava que sua falta de organização custaria tão caro. Willian mal fala meia duzia de palavras em Inglês e, para completar o pacote, não fez nenhum roteiro para viagem. Assim que chega ao aeroporto e desembarca, o jovem de vinte e seis anos se vê perdido, sem saber como chegar ao seu destino. O surto é garantido, claro que é, afinal, quem é que gostaria de arruinar os próprios sonhos?
Só que essa coisa chamada destino adora pregar peças na vida das pessoas. Willian se reencontra com um velho conhecido no café do aeroporto, o que libera memórias boas e ruins dentro do rapaz. Até que ponto ele pode chamar de sorte o reencontro com o cara mais amado e, ao mesmo tempo, odiado de sua vida?

"10 Segundos" é um conto divertido sobre reencontros, perda e superação que promete arrebatar o coração dos leitores ao mesmo tempo em que quebra diversos padrões impostos pela sociedade.




Olá, pessoal!

Hoje vou falar para vocês um pouquinho sobre o conto "10 segundos", de autoria de Robson Gabriel, parceiro do nosso blog.

Willian, cujo apelido é Will, é homossexual, negro e tem sobrepeso o que, infelizmente, são 3 formas de se sofrer bullying e preconceito em nossa sociedade atual.

Seu maior sonho é passar a virada de ano em Nova York, mais precisamente, na Times Square, um dos cruzamentos de vias mais famosos, chiques e badalados do mundo para essa ocasião. O autor nos conta a realização desse grande sonho de Will.

O personagem narra a história em primeira pessoa, o que eu gosto bastante, pois assim temos mais contato com suas opiniões e gostos, com seus sentimentos e pensamentos.

Ele fala consigo mesmo, se tratando por pronomes femininos e, ainda, faz "comentários" com o leitor, o que traz todo um humor à leitura.

Com uma auto estima de se tirar o chapéu, Will está prestes a lanchar em uma cafeteria do aeroporto, quando se depara com Thiago!

Thiago era um amigo da sala de Will na adolescência e, após alguns anos, aquela amizade se transformou em algo mais. Os dois cederam aos sentimentos mas, posteriormente, Thiago não concordava com a forma como Will se enxergava e, por isso, foi embora sem sequer se despedir.

E assim, após alguns anos, estavam ali, frente a frente, para o que o destino lhes reservava. Será que haveria um verdadeiro "acerto de contas"?


"Depois que terminamos nossos cafés, Thiago foi até o balcão e os pagou, sem nem mesmo me perguntar se eu queria que ele fizesse isso."


Thiago, na realidade, estuda nos Estados Unidos e leva Will a alguns lugares bem bacanas, inclusive passando o réveillon a seu lado.

Ou seja, no momento da realização de seu maior sonho, com um "mini-foguete" em uma mão e a bebida na outra, Will tem Thiago a seu lado, mas é claro que não vou contar como termina essa história.

Será que Will consegue perdoar Thiago e eles revivem aquele caso antigo de amor?

Não posso tecer muitos comentários sobre a edição, pois li em e-book. Mas não encontrei erros e me encantei com o início de cada capítulo onde, abaixo do número, temos um trecho de música.


"Enquanto os drinks não chegam, presto atenção na mocinha negra e careca, muito linda e poderosa, cantar Million Reasons, da rainha Gaga."


Aliás, música é algo bem presente na escrita de Robson, pois ele sempre cita algum trecho (além desses para iniciar o capítulo), o que ajuda a dar asas à imaginação do leitor e a conhecer ainda mais o personagem.

A escrita de Robson é fluida e marcada por diálogos. O conto é leve, romântico e bem humorado e indico para quem curte histórias desse tipo.


Clique aqui e adicione 10 segundos no Skoob.


2 comentários:

  1. A senhorita é maravilhosa mesmo <3 Fico feliz que tenha se apaixonado pela história do Will e do Thi, foram personagens muito interessantes de se escrever.

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Eu geralmente não gosto muito de contos. Achei interessante o personagem principal e gostaria de saber como ele lida com o bullying e também como fez para realizar seu sonho, mas no entanto não me senti tão atraída pela história.

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo