13 de junho de 2017

[Resenha] Fera


FERA
Autora: Brie Spangler
Editora: Seguinte
Ano: 2017
Páginas: 384

Livro cedido em parceria com a Editora
SinopseDylan não é como a maior parte dos garotos de quinze anos. Ele é corpulento, tem quase dois metros de altura e tantos pelos no corpo que acabou ganhando o apelido de Fera na escola. Quando ele conhece Jamie, em uma sessão de terapia em grupo para adolescentes, se apaixona quase instantaneamente. Ela é linda, engraçada, inteligente e, ao contrário de todas as pessoas de sua idade, parece não se importar nem um pouco com a aparência dele. O que Dylan não sabe de início, porém, é que Jamie também não é como a maioria das garotas de quinze anos - ela é transgênera, ou seja, se identifica com o gênero feminino, mas foi designada com o sexo masculino ao nascer. Agora Dylan vai ter que decidir entre esconder seus sentimentos por medo do que os outros podem pensar ou enfrentar seus preconceitos e seguir seu coração.




Olá! Hoje trago a vocês a resenha do livro Fera, de Brie Spangler.
Dylan é um adolescente com quase dois metros de altura, alguns quilos a mais e muitos, muitos pelos, aparência que lhe rendeu o apelido de Fera. Apesar do tamanho e do medo que suscita em seus colegas, Dylan tenta ser gentil e resistir ao impulso da agressividade. Apesar dessa resolução Dylan costuma intimidar alguns garotos na escola para “ajudar” JP, seu melhor amigo.

A baixa auto-estima de Dylan fica mais clara a cada página e culmina em atitudes autodestrutivas que o forçam a frequentar sessões de terapia em grupo.

É nessas sessões que o rapaz conhece Jamie, uma garota linda que o leva a questionar porque ela estaria na terapia. Enquanto Dylan divaga sobre quais seriam os problemas daquela garota, a terapia se desenrola.

Estou sempre procurando alguma coisa fora do lugar que possa confirmar que ele está me ouvindo. Se estou perdido em algum pensamento incômodo, qualquer detalhe – uma página da internet que não carrega, o leite que vai vencer em um dia, qualquer coisa – pode ser meu pai me dizendo: “Está tudo bem. Eu estou contigo. Ainda estou aqui.

É então que algo fascinante acontece! Dylan se aproxima de Jamie, que se mostra adorável, doce, sincera e faz com que se sinta bem. Mas ele não entende suas inseguranças. Do que ela tem medo?



Os dois ficam cada vez mais próximos, conversando o tempo todo pelo telefone, encontrando-se e se encantando um com o outro. Jamie está cativada pela gentileza de Dylan, enquanto ele não entende como uma menina tão linda possa ter se interessado por ele.

Aquela época mágica em que você era muito, muito pequeno e encontrar um balanço desocupado era a coisa mais importante do mundo. De volta a um tempo em que você esquecia tudo e corria do jeito que bem entendesse. Antes que as opiniões das outras pessoas importassem. Estar com a Jamie me traz essa sensação. Livre e boa.

Ao mesmo tempo, a mãe de Dylan começa a demonstrar preocupação com essa relação. Para ela, Jamie é uma má influência para o filho, mas não JP, que frequenta a casa e tem uma relação muito problemática com a própria mãe.

JP é o menino mais popular da escola. Quem está perto dele está seguro, mas quem é seu alvo sofrerá graves danos. Ele tem um código de aparência e conduta para as garotas com quem sai. Isso não é um problema para Dylan, até que JP conhece Jamie. É o momento em que as coisas passam a dar errado para o Fera.

- A natureza é assim mesmo. Não dá pra esperar que algo que deseja viver desista só porque você acha que é nojento.

Dylan precisa lidar com seus preconceitos, com a baixa auto-estima, problemas na escola e com as dúvidas sobre sua relação com o pai, com a mãe e com a garota por quem se apaixonou.


Não sei por quê. Devia estar sentindo como se minha bateria estivesse cheia. Cada vez que eu e Jamie conversamos, é como sentar no olho do furacão. Um lugar absolutamente destruído do lado de fora – árvores, vacas, o que for –, tudo continua tranquilo do lado de dentro. Um lugar para permanecer inteiro, intacto.

Demorei a pensar que a obra poderia ser uma releitura de “A bela e a fera”, mas agora só consigo pensar nela assim. Uma versão moderna, com a Bela transgênera e uma Fera adolescente, sofrendo bullying. 



A capa é linda e a diagramação está perfeita! Esse livro proporcionou bons momentos. A leitura foi muito gostosa e fluiu super bem. Jamie é, sem dúvida, a melhor personagem do livro. Apesar de seus medos e dúvidas, ela era bem resolvida. Mais do que JP, Dylan e todos os adultos apresentados na história. Gostaria apenas que o final fosse diferente.

Sobre a edição, fica a ressalva para a sinopse. Odiei saber por ela que Jamie era transgênera e que Dylan não lidaria bem com isso. Para mim, isso estragou boa parte do impacto que a informação causaria. Gosto de me colocar no lugar dos personagens, mas não consegui ter tanta empatia pelo Dylan por já saber o que aconteceria quase na metade do livro.

Beijão!!!

Clique aqui e adicione Fera no Skoob





10 comentários:

  1. Gostei da resenha, mas acho que teria a mesma opinião que você, ah confesso, estou morrendo de vontade de ler ele haha Me parece diferente e gosto de livro que tratam desses gêneros.
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei tanto da sua resenha menina, com toda certeza adoraria realizar a leitura, Fera com toda certeza me deixou envolvida e emocionada, não pensaria duas vezes a não ser querer ler.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oie! Tudo bem?

    Sinopses deveriam despertar nosso interesse pelos livros, mas na maioria das vezes elas mais conseguem nos dar spoiler do que do contrario, acredito que esse livro deve ter uma história muito boa, mas não sou fã do gênero, mas de qualquer forma irei indicar ele para uma amiga, essa acredito que irá gostar!

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Tudo neste livro me interessa, a começar da capa que está caprichosa demais. Mas o enredo, claro, é o que mais me deixa curiosa e espero que ao ler eu tenha a mesma experiencia que você teve: bons momentos.
    Beijso

    ResponderExcluir
  5. Gostei da sua resenha, não conhecia o livro e a capa já me chamou a atenção, mas ao ler sua resenha fiquei curiosa sobre a história. Acredito que deve ser um livro que trará reflexões sobre o tema. E por se tratar de uma adaptação da Bela e a Fera (que eu amo) já está indo pra minha lista.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. oie, uma pena quando a sinopse revela coisas que seria melhor não sabermos, mas gostei dessa espécie de releitura e fiquei querendo conhecer dylan e o bulling sofrido por ele.

    ResponderExcluir
  7. Sabe que ultimamente estou evitando de pesquisar informações sobre os livros que quero ler - inclusive as sinopses - pra fugir de spoilers. Neste caso, fiquei presa à impressão de ser uma releitura de A Bela e a Fera e só lendo as resenhas soube dos detalhes que tornam este livro extremamente atual e peculiar. Obrigada pelas suas palavras. Espero ter a chance logo de ler este livro. Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Oiee, tudo bem? Gostei da resenha! Realmente a sinopse entrega bastante sobre a trama :( também fiquei triste com isso, pois gosto de ter as surpresas durante a leitura. Fera tem tudo para ser uma leitura bem agradável para mim, então quero muito fazê-la logo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Estou muito curiosa para saber como funcionará essa relação de Dylan e Jamie.Espero não me apaixonar muito c eles como casal senão ficarei chateada com o final.
    Amei connhecer este livro.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Ola Betinha lindona estou bem curiosa com esse livro, adorei os temas abordados e acredito que a leitura flua bem. Parabéns ao autor pelos temas diferentes a serem abordados em um releitura da Bela e a Fera o que chama atenção sobre o livro.
    beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo