28 de agosto de 2017

[Resenha] O treinador do meu sobrinho

O TREINADOR DO MEU SOBRINHO
Autora: Vanessa Gramkow
Editora: Ella
Ano: 2017
Páginas: 146

Livro cedido em parceria com a Autora.


SinopseDuda aprendeu que a vida não era fácil, mas nunca se deixou abater pelos obstáculos. Conhecida por sua personalidade ousada, ela valorizava sua própria liberdade acima de quaisquer sentimentos. A vida estava sempre sob seu controle... até seu sobrinho, o jovem tenista Igor, garantir-lhe que André, seu treinador, seria o “homem ideal” para ela. Duda não acha que precisa de qualquer relacionamento sério, aliás, aprendeu que o amor não existe para todos, especialmente não para ela. Por isso, tudo soava muito divertido quando Duda soube que finalmente conheceria o “tão mencionado” André; o problema é que o tal “homem ideal” era um babaca que parecia muito disposto a irritá-la. Agora, Duda precisará lidar com as expectativas românticas de seu sobrinho, a monitoria estressante de sua irmã mais velha, o confronto com seu próprio passado doloroso e a verdade de que nunca é tarde para aprender a amar.




Nesse romance com cenas quentes, conhecemos a jovem Maria Eduarda - ou Duda, para os íntimos, uma renomada fotógrafa que vive em viagens de trabalho.

Em enorme esforço para conciliar na sua agenda, foi assistir a um Campeonato Internacional de Tênis no qual seu sobrinho Igor disputava e este lhe pediu de presente um book com as fotos do evento, que seria em Santa Catarina.

Chegou ao aeroporto e tomou um táxi para o resort onde ocorreria o evento e ali acontece algo que eu não consegui compreender: Duda resolve descer do carro para fotografar e pede que o motorista deixe suas malas no resort.



Eu pensei comigo nas milhões de possibilidades de desvio de seus pertences, mas, milagrosamente, eles chegaram inteiros ao destino.

Enquanto isso, Duda aproveita para tirar suas fotos e encontra André, que, acompanhado por duas belas jovens, lhe tira do sério no instante em que seus olhos se encontram.

Mesmo com a inicial relutância de Duda, um beijo acontece e a desconcerta tanto que ela resolve "fugir", antes que se entregue novamente aos encantos deste homem (não sem antes acontecer um segundo beijo, é claro!).

Igor acredita que sua tia "combina" com seu treinador. Porém, já no primeiro momento em que o treinador não chega no horário marcado, Duda o desqualifica não apenas como treinador de seu sobrinho, como também retira qualquer possibilidade de ele efetivamente "roubar" seu coração!

Coincidentemente, Alexandre, um ex-namorado de Duda aparece no resort, pois sua empresa é patrocinadora do evento.

Mariana, a irmã super mega protetora de Duda, torce para que o casal se acerte novamente e ela aceita seu convite para um almoço.

Quando o treinador de Igor chega para dar o último dia de instruções a Igor, acontece o reencontro de olhares que tira Duda do sério novamente.


"_ Às vezes, o amanhã, é importante, temos que ter um caminho a seguir, mas também um lugar para permanecer, pois viver só, não é bom."


Após uma pequena discussão, Duda deixa seu sobrinho treinando com André e sai para o almoço.




Certa de que não sente mais nada por Alexandre, se sente sozinha e, claro, reencontra André no resort. O que acontece, claro, é um encontro louco de paixão e desejo para saciar a carência de ambas as partes!


"Eu agora contava tudo o que tinha acontecido comigo e o que estava realmente sentindo, deixei meu coração falar e admiti que, no fundo, nunca quis viver esse sentimento, o amor, por medo; medo de perder a pessoa amada como perdi meus pais."


Ocorre que, no dia seguinte, uma desagradável surpresa aguarda por Duda logo no início do dia. Para mim, este foi um ponto bem complicado, que vou contar apenas por alto para não estragar a leitura de outros, mas quem realizou a leitura vai me compreender.

O que André faz por Vitória é algo que nunca vi ninguém fazer por outra pessoa e Duda tem toda razão em não compreendê-lo e "fugir" novamente com Alexandre.

E o que temos é uma sequência de desacertos, pois também não compreendi como Duda pôde se envolver com Alexandre a ponto de optar estar com ele e decepcionar seus familiares.

Daí para frente, temos uma luta para Duda descobrir a verdade e para tentar se reconciliar com André. Tudo acontece de maneira muito rápida e o desenrolar da história é pouco crível.

O final também é muito inesperado e até um pouco contraditório e, em minha opinião, não se encaixa nas personalidades dos personagens.

O livro é narrado em primeira pessoa por Duda, o que coloca o leitor bem por dentro dos seus sentimentos, pensamentos e dos motivos de suas decisões.

A edição está bem feita, com uma capa que condiz com as características físicas dos personagens. Tem folhas amareladas e fontes confortáveis. Encontrei alguns erros que não atrapalharam a leitura.

Vanessa tem muito talento e creio que pode acertar esses detalhes para uma próxima edição, se assim julgar necessário.

Recomendo a quem curte um bom romance de leitura fluida e rápida, com detalhes hot e um pouco de drama.




Clique aqui e adicione O treinador do meu sobrinho no Skoob.







Um comentário:

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo