1 de novembro de 2017

[Resenha] A conquista

O JOGO  - Amores Improváveis #4
Autora: Elle Kennedy
Editora: Paralela
Ano: 2017
Páginas: 336

Livro cedido em parceria com a editora



Sinopse: De todos os jogadores do time de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha mesmo é com uma vida tranquila- esposa, filhos e, quem sabe um dia, abrir um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão de emoções que ele está prestes a enfrentar. Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para sua fama de antipática. Tudo o que ela quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira como advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil e de sua família terrível. Um acontecimento inesperado vai desses jovens de cabeça para baixo. Tucker e Sabrina vão precisar se unir e rever seus planos para o futuro. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas, e que o amor é a maior conquista de todas.





Estou aqui hoje para falar um pouquinho de como foi a minha leitura de "A conquista", quarto e último volume da série Amores Improváveis, recebido em parceria com a Editora Companhia das Letras, pelo selo Paralela.


Ressalto que os três primeiros livros da série já foram resenhados aqui no blog: O acordoO erro e O jogo.




No último volume desta série que me cativou, a autora traz algo diferente: enquanto os três primeiros livros da série se passam em fases diversas, o quarto exemplar se passa quase todo no mesmo período do terceiro.





O livro nos conta a história de Sabrina James e John Tucker, casal que, assim como os outros, faz os leitores suspirarem não apenas pelas cenas hot, como também pelo romance entre os dois e pela "surpresa" deliciosa que a autora nos traz.



Sabrina é uma jovem super esforçada que sonha com uma vaga no curso de Direito da Faculdade de Harvard. Logo no início do livro, já se tem ideia de como seu passado é complicado e sua história familiar, sofrida e dramática.



Tucker faz parte do time de hóquei da Briar, mas, ao contrário de todos os outros colegas da equipe, não é dos mais "baladeiros", nem tem a intenção de seguir carreira no esporte.



Os dois se encontram num bar e a tensão sexual já surge, deixando rastros de desejo em ambos. Após uma investida de Tucker, Sabrina joga as cartas na mesa e os dois têm uma noite de prazer intenso. É melhor se acostumar com o "jeito Sabrina" de ser: objetiva, prática e direta.



E assim, inicialmente ela não aceita ser conquistada por Tucker! Não é por se fazer de difícil: é simplesmente por achar que, em sua vida complicada, com problemas familiares e dois empregos, não há tempo para envolvimentos amorosos! Isso e, claro, por ter se sentido completamente "na mão" de Tucker!



Mas ela não esperava que se tratava de um dos caras mais gentis (e fofos) que existem nos romances literários! Tucker, com seu jeitinho, consegue uma nova oportunidade e outra, até que uma grande surpresa aparece, para deixar o livro ainda mais gostoso.






Na verdade, temos notícias desse acontecimento ao final do volume 3 da série e, a partir desse ponto no livro 4, tudo passa a ser novidade para os leitores.



O romance se desenvolve de forma leve e agradável, ao estilo da autora, que tem a escrita fluida e muito gostosa de se ler.



Vamos conhecer bastante sobre os familiares de Sabrina e Tucker e, assim, descobrir um pouco mais sobre o porque de se tornarem quem são: ele, um poço de gentileza e ela, com aquela "casca" que criou para proteger seu frágil coração.



A forma como o casal dialoga e resolve os problemas é muito interessante, pois, mesmo com pensamentos diferentes e um jeito peculiar de ver a vida, cada um se ajusta ao propósito do outro e tenta ajudar, com muita compreensão e diálogo.



Sem dúvida alguma, este é o melhor livro da série, tendo em vista que a história é a mais complexa e a mais romântica entre as demais.



Além disso, a autora faz um ótimo trabalho ao fechar a série sem deixar pontas soltas, com finais para todos os personagens e, claro, muitos suspiros de amor que já me deixam com saudades.



A amizade também é bem retratada, pois a turma dos 4 amigos da equipe de hóquei (agora composta também por suas companheiras) aparece sempre unida, não importa o que aconteça!



A autora segue o padrão dos demais volumes ao intercalar a narrativa dos dois personagens principais (o casal Sabrina e Tucker) como narradores em primeira pessoa.






O ótimo trabalho de edição também se repete, com folhas amareladas e fonte que torna confortável a leitura. Mais uma vez, não encontrei erros.




Leitura recomendada aos amantes de romances com uma boa dose de hot, drama e humor.




Clique aqui e adicione A conquista no Skoob.




2 comentários:

  1. Estou de olho nesta série e depois do sue post, fiquei com mais vontade ainda para ler, Karla!
    Adorei as sinopses. Gosto de intercalar este gênero literário com outros mais pesados.
    Dica anotada
    Adorei as fotos tbe
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha, é o meu estilo de leitura e vou procurar mais esse para ler. Bjs

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo