1 de março de 2018

[Resenha] A mentira

A MENTIRA
Autora: Nora Roberts
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2016
Páginas: 489

Sinopse: Shelby Foxworth perdeu tanto o marido quanto as ilusões. O homem que lhe dera uma filha e a vida de uma rainha não era o que ela imaginou que fosse. Após o luto de perder Richard, Shelby descobre as montanhas de dívidas que ele deixou para trás. Descobre que ele era um mentiroso, tão falso quanto o diamante no seu anel de noivado, e que o homem que ela amava não está simplesmente morto. Ele nunca existiu.
Após vender tudo que pode, Shelby parte com a filha de três anos para o sul, buscando o conforto da sua cidade natal. Lá, porém, também encontra a promessa de algo mais: Griffin Lott, um empreiteiro bem-sucedido e determinado a conquistá-la.
Shelby pode até ter sido jovem e ingênua quando se casou com Richard, mas agora está descobrindo sua independência, tomando atitudes sensatas para construir uma nova vida e redescobrindo o que realmente importa. Porém, o passado volta para assombrá-la — e a vida dela e de Griff estão em risco.




Olá, leitores! A resenha de hoje é de "A mentira", livro de Nora Roberts, autora que considero umas das melhores de todo o mundo, adoro os seus livros e tenho vontade de ler tudo o que ela escreve!

O livro nos conta a história de Shelby, uma moça que se casou muito nova e, viúva aos 24 anos, faz  tudo o que é possível para se manter bem, juntamente com Callie, sua filha de 3 anos com o marido.




Sustentada por ele durante todo o período em que esteve casada, o primeiro pensamento que lhe vem à cabeça é de revolta, ele não poderia tê-las deixado, não assim, em um acidente tolo de barco que lhe tirou a vida!


Ocorre que, conforme passam os dias, Shelby descobre que, na verdade, o seu casamento era uma farsa, o homem com quem casou não existe. Richard, aquele que fora seu marido por alguns anos, simplesmente a enganou por todo aquele tempo e ela, indignada, não sabe o que fazer. E nem pode ao menos se vingar, pois ele está morto!

Com muitos credores batendo à sua porta e temendo por sua segurança e de sua filha, ela consegue quitar algumas dívidas ao vender os caríssimos mobiliários de sua casa, bem como algumas de suas roupas e de Richard.

Após resolver essas primeiras pendências, pega horas de estrada e, finalmente, volta para a cidade onde nasceu, onde sua família a recebe de braços abertos após anos com pouquíssimo contato e sem notícias frequentes dela e de sua filha.

" - Sei como é sentir medo. Esse tipo de medo que você falou. Também senti isso, além de uma raiva horrível, imensurável."

Estabelecida na casa de sua mãe, nossa protagonista conhece Griff, que "conquista" primeiro o coração de Callie, já sabendo que, assim, se aproximaria daquela mulher que mexeu com ele desde o primeiro contato.




O livro se desenvolve de maneira misteriosa, o romance entre os dois é leve e gostoso de se ler. Quem está acostumado com a escrita de Nora sabe da facilidade de se ler quase 500 páginas de seus livros em pouco tempo.

"- Estou começando a ver a luz no fim do túnel, Emma Kate. Estou mesmo. Ainda tem alguns obstáculos no caminho, mas vejo a luz."

Gostei bastante da forma como a autora conduziu a história, com muitos dramas familiares sendo resolvidos, bem como com amizades desfeitas e outras refeitas.

Mas, como nem tudo são flores nos livros de Nora, é claro que, ao desvendar os motivos da mentira, Shelby tem contato com tudo o que poderia esperar de pior de seu marido Richard e, neste ponto, o leitor não consegue conter a ansiedade para saber se ela consegue ou não se safar dessa história que deveria ter ficado no passado.

O final do livro é o esperado, mas isso não lhe tira o brilho de ler nas palavras da autora, com a solução de todas as pendências e o fechamento da história de todos os personagens.

Como ocorre sempre, me encantei pelos valores do "mocinho" Griff, pelo modo como ele conduz a vida e, óbvio, pelo amor e dedicação dele com Shelby e, para mim, este foi o ponto alto do livro.

"Griff talvez tivesse passado alguns instantes desejando que  a mãe flertasse com ele tanto quanto a filha, mas um homem não podia ter tudo."

A capa é linda, como é típico nos livros dessa editora. As folhas são brancas e a fonte é relativamente pequena, mas confortável à leitura. Não encontrei erros de edição.

Super recomendo a quem gosta de romances, a curte a autora e creio que seja uma ótima oportunidade de primeira leitura a quem ainda não conhece a escrita de Nora!




Clique aqui e adicionA mentira no Skoob.









Um comentário:

  1. Ahhh, Norinha!
    Eu adoro os livros da Nora também, Karla!!
    Este ainda não li, mas já coloquei na minha lista
    Adorei sua resenha e fiquei muito curiosa para ler também.
    Nada como um bom romance para relaxar, ne?
    Dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo